HORTELÃ: aroma inconfundível para cada receita

15 de janeiro de 2024 | Por

Tem origem mitológica e presença registrada em diversas civilizações ao longo de milhares de anos, dos egípcios aos hebreus. O fato é que a hortelã une refrescância, sabor e um universo de possibilidades. A hortelã pode ser descrita como uma das ervas mais usadas extensivamente no mundo da culinária, além de ser conhecida por seu aroma único acrescenta uma mistura de frescor aos pratos. Afinal, essa erva faz bonito seja em saladas, coquetéis e também para tirar as sobremesas do lugar comum. Gosta de um frescor? Então a hortelã é a pedida certa!

A hortelã é uma planta herbácea com muitas variedades melhoradas e adaptadas a algumas regiões brasileiras, pois é originária de clima temperado. A colheita é feita no início do florescimento através do corte das plantas bem próximo ao solo. Possui compostos fenólicos que têm uma forte atividade antioxidante. As suas muitas vitaminas e minerais incluem a vitamina A, o cálcio, o folato, o potássio e o fósforo. Muito popular para problemas intestinais, incluindo gases, indigestão, cólicas, diarreia, vômitos, síndrome do intestino irritável e intoxicação por alimentos diversos.

Quais são os benefícios da hortelã

Já ouviu falar que chá de hortelã emagrece? Pois bem, os benefícios dessa bebida vão muito além da balança. Ela é rica em vitamina C, betacaroteno, cálcio, potássio e fibras, e tem muitos positivos para sua saúde, espia só:

• Melhora a digestão: as espécies do gênero mentha ajudam a aliviar distúrbios gastrointestinais. Ela relaxa os músculos do estômago e ainda auxilia na digestão de gorduras. O sabor mentolado também ajuda a reduzir o apetite e aquela vontade de comer um doce fora de hora.

• Alivia a síndrome do intestino irritado: seu consumo regular pode ajudar no tratamento de sintomas como dor, inchaço, gases e etc.

• Ação contra gripes e resfriados: o mentol é um ótimo descongestionante e expectorante, ajudando a diminuir a dor de garganta e a tosse seca.

• Amiga da saúde bucal: não é só pelo frescor irresistível que a menta é ingrediente de diversos produtos bucais. Ela não só neutraliza o mau hálito como também combate bactérias que causam cáries.

• Ação antisséptica: dificulta o crescimento de bactérias no trato digestivo.

• Tem efeito tranquilizante: ajudando a diminuir sintomas de estresse, ansiedade e agitação.

• Alívio das dores de cabeça: graças ao seu poder vasodilatador, capaz de ativar a circulação e diminuir as dores.

Como usar a hortelã desidratada?

Ela vai bem substituindo a hortelã fresca no suco de abacaxi ou em outros sucos também. Ela serve, inclusive, para temperar a kafta; mas sempre atentando as medidas para não extrapolar! Utilize nos iogurtes, para servir como molhos para saladas (na salada grega, por exemplo) e carnes em geral. É ótima para chás digestivos e infusões. E ainda, uma pitada de hortelã desidratada nas receitas de brigadeiro, agrega um sabor mentolado delicioso!

DICA DE RECEITA LUZAGO: SUCO DETOX COM HORTELÃ

Ingredientes: 1 xícara (chá) de couve manteiga crua, 1 colher (sobremesa) de salsa desidratada, 1 fatia média de abacaxi ou melão, 350 ml de água de coco, 3 colheres (sopa) de hortelã desidratada e meio limão espremido.

Modo de preparo: Deixe sempre no congelador forminhas de gelo com água de coco, para o preparo deste ou de outros sucos. Para preparar este, bata bem no liquidificador a água de coco em cubos, a couve e a salsinha. Adicione a fatia de abacaxi (ou melão), o suco de limão e a hortelã. Bata até ficar bem homogêneo. Adoce com açúcar mascavo, se achar necessário.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.