CANJICA: o símbolo da festa junina

12 de junho de 2023 | Por

Canjica é o nome dado a uma espécie de milho branco e também ao prato que é preparado com esse milho e outros ingredientes como leite ou leite de coco e açúcar.

No nordeste, o prato recebe o nome de mungunzá. Em Minas Gerais é também chamada de piruruca. No Rio de Janeiro é canjiquinha. É conhecida ainda como corá, jimbelê e chá-de-burro. No sudeste, há uma versão com milho verde comumente chamado de curau. O grão de canjica também é usado para fazer outros pratos, como fubás, farinhas e creme de milho.

Destaque nas festas juninas e opção quentinha para o inverno, a canjica é uma sobremesa que, além de ser uma delícia, traz inúmeros benefícios para a saúde – se tiver ingredientes pouco calóricos, claro!

Feita a partir de milho branco e disponível nas versões branca ou amarela, ela é rica em vários nutrientes importantes para o organismo – como proteínas, ácido fólico, vitaminas do complexo B e carboidratos, por exemplo.

 Ainda não pensava nesse prato saboroso como uma opção boa para a saúde? Conheça todas as vantagens que vêm junto com ele para entender por que passar a consumi-lo.

Canjica auxilia a boa digestão por ter fibras: Como a canjica é um alimento rico em fibras, uma de suas maiores vantagens é a de ajudar o organismo a ter uma melhor digestão. O que acontece é que, por acelerar o processo digestivo, ela evita a desagradável prisão de ventre e ainda deixa o corpo satisfeito mais rapidamente – o que é ótimo para quem não quer exagerar na quantidade de sobremesa e pretende emagrecer. Além disso, a presença da fibra também traz vantagens para os diabéticos por contribuir para a diminuição dos níveis de açúcar no sangue. Mas, nesse caso, é preciso ficar atento aos ingredientes utilizados na receita para fugir daqueles que podem aumentar a glicose, assim como é necessário substituir o açúcar pelo adoçante.

É rica em vitaminas do complexo B: As vitaminas do complexo B se destacam entre as demais por fornecerem mais energia para o organismo e contribuírem até para a saúde mental. Além de serem produzidas pela nossa flora intestinal, nós as conseguimos através de alguns alimentos, e dentre eles temos justamente a canjica. Assim como as fibras, elas contribuem para um bom funcionamento do organismo, mas não para por aí. Também ajudam a aliviar dores de cabeça, inflamações na boca e na língua, alergias, cansaço e problemas ligados à depressão.

Fonte de proteínas para o corpo: Outra vantagem da canjica é o fato de ela fazer parte do grupo de alimentos que funcionam como fonte de proteína. Dentre os benefícios desse nutriente está a reparação dos tecidos e produção de substâncias importantes para o funcionamento do corpo – como hormônios, enzimas e anticorpos. Além disso, as proteínas ainda são responsáveis pelo transporte de oxigênio e ferro no sangue.

Livre de glúten: A doença celíaca – que atinge, em média, 1 a cada 250 brasileiros – é uma intolerância ao glúten que pode causar inflamação grave no intestino e prejudicar a absorção de nutrientes. Por isso, dentre os principais cuidados que devem ser tomados pelos celíacos, está o de seguir uma dieta regrada e livre desse componente. A canjica aparece como uma boa opção de sobremesa para esses casos por não conter glúten em sua composição.

Aliada na prevenção de problemas cardiovasculares: Para quem gosta de seguir uma dieta que ajuda a prevenir problemas do coração, esse é mais um motivo para apostar nessa sobremesa feita a partir do milho branco. É que a gordura presente na composição da canjica aumenta o colesterol bom (HDL) ao mesmo tempo que ajuda a diminuir o ruim (LDL) – o que faz com que as chances de lidar com problemas ligados ao coração sejam bem reduzidas.

Fonte de energia rica em carboidratos: Por contar com carboidratos entre seus componentes, a canjica também se destaca por ser fonte de energia para o corpo – função que fica ainda mais forte graças à presença da proteína. Além disso, assim como ocorre com as fibras, esse nutriente também ajuda a evitar a fome excessiva por promover saciedade, evitando a compulsão alimentar.

DICA DE RECEITA LUZAGO: CANJICA TRADICIONAL JUNINA

Ingredientes: 1 xícara (chá) de milho para canjica, 5 xícaras de água, 500 ml de leite, 1 caixa e meia de leite condensado, 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo, 5 cravos da índia, 1 canela em rama e canela pó para servir.

Modo de preparo: Coloque o milho em uma travessa, cubra com água e deixe de molho por pelo menos 8h – da noite para o dia. Escorra a água, coloque o milho numa panela de pressão, junto com as 5 xícaras de água. Tampe a panela e leve ao fogo baixo. Quando pegar pressão, deixe cozinhar por 30 minutos. Tire a panela do fogo, espere sair a pressão e abra. Verifique se os milhos estão bem cozidos, se necessário, volte a panela para o fogo e deixe cozinhar por mais 10 ou 15 minutos. Quando o milho estiver na consistência desejada, coloque o leite, o leite condensado, o açúcar mascavo, os cravos e a canela. Misture bem e deixe cozinhando em fogo bem baixo (fora da pressão) até que fique bem cremosa. Deve levar de 40 a 60 minutos. Lembre-se que quando ela esfriar ficará ainda mais cremosa. Então, não deixe secar muito.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.