SEMENTE DE ABÓBORA: sinônimo de sabor e longevidade

17 de abril de 2023 | Por

Ao comprar um alimento orgânico você joga as suas sementes fora? Embora esse seja um hábito muito comum, não deixa de ser uma forma de desperdício, já que uma parte dos nutrientes da fruta ou do legume está indo parar no lixo.

A grande questão é que muita gente acha que comer o famoso caroço faz mal, mas não é bem assim. Vários deles merecem um lugar de destaque entre os ingredientes que você usa na cozinha, especialmente as sementes de abóbora.

Por isso, essas sementes podem ser incluídas na alimentação do dia a dia, para melhorar o funcionamento tanto do cérebro quanto do coração; assim como favorecer a saúde intestinal e diminuir a inflamação no organismo, que pode surgir devido a diversas doenças.

Elas são ricas em ômega 3: Se você não gosta de peixe saiba que outra forma de consumir ômega 3 é comendo sementes de abóbora. Esse ácido graxo essencial é um excelente aliado do coração. Isso porque ele ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) enquanto aumenta os do bom (HDL), evitando problemas como o acúmulo de gordura nas artérias, que pode gerar o infarto. Também previne arritmias cardíacas e possui gorduras poli-insaturadas, que evitam a formação de coágulos de sangue.

Sementes de abóbora possuem boas quantidades de magnésio: As sementes de abóbora também são ricas em magnésio, um mineral que traz diversos benefícios ao organismo. Em primeiro lugar, ele ajuda a dar energia para o corpo, sendo muito indicado a pessoas que fazem exercícios. Além disso, auxilia diversas reações químicas, contribuindo para a boa atividade hormonal e para o equilíbrio de potássio, sódio e cálcio. Isso sem falar que o magnésio atua no sistema nervoso central, evitando a insônia, a depressão e a ansiedade.

Atuam como antioxidante: Os agentes antioxidantes impedem que o nosso corpo possua grandes quantidades de radicais livres. Com isso, acaba evitando a oxidação celular, que pode gerar problemas bem graves, como o câncer, ou outro mais brandos, mas ainda assim péssimos para a saúde, como o envelhecimento precoce. E é justamente por esse fator que os antioxidantes são considerados muito bons para a pele, sendo seu consumo indicado tanto por nutricionistas quanto por dermatologistas. Por fim, eles também deixam o sistema imunológico mais resistente e menos suscetível a doenças.

Possuem vitaminas A, E e do complexo B: Como todo bom alimento orgânico, as sementes de abóbora são ricas em vitaminas A, E e do complexo B. A primeira é boa não apenas para a firmeza da pele, já que também ajuda na vitalidade do cabelo e deixa a visão mais aguçada. Já a vitamina E é conhecida por ser um potente antioxidante, enquanto o complexo B traz diferentes benefícios para a saúde. Entre eles podemos citar a prevenção à diabetes e às doenças cardiovasculares.

Por possuírem ferro, são indicadas para anêmicos: O magnésio não é o único mineral que aparece em grandes quantidades nas sementes de abóbora, já que o ferro também está muito presente nesse alimento. Com isso, evita a anemia e ainda, reforça o nosso sistema imunológico, já que o ferro é responsável por transportar oxigênio para as células do corpo.

Sementes de abóbora ajudam a emagrecer: As sementes de abóbora possuem, que ajudam o intestino a funcionar melhor, evitando tanto a prisão de ventre quanto a diarreia, além de acabar com o inchaço estomacal. Por fim, as fibras ajudam a dar saciedade, evitando a compulsão alimentar e contribuindo para o processo de emagrecimento.

Como consumir as sementes de abóbora

Sementes secas: As sementes de abóbora devidamente secas podem ser usadas inteiras na salada ou na sopa, por exemplo, ou como forma de aperitivo, quando é polvilhado um pouquinho de sal e gengibre em pó, como é comum na Grécia. No entanto, não se deve adicionar muito sal, especialmente se sofrer de hipertensão. Consumir cerca de 10 a 15 gramas de sementes todos os dias por uma semana é bom para eliminar os vermes intestinais.

Sementes trituradas: Pode-se adicionar aos cereais, iogurte ou suco de frutas. Para triturar basta bater as sementes secas num mixer, liquidificador ou processador de alimentos. 

Óleo de semente de abóbora: Pode ser encontrado em certos supermercados, ou encomendado pela internet. Deve ser usado para temperar a salada ou adicionar à sopa depois de pronta, porque este óleo perde seus nutrientes ao ser aquecido, e por isso deve sempre ser usado frio.

No caso dos parasitas intestinais, é recomendado o consumo de 2 colheres de sopa do óleo de semente de abóbora por dia, durante 2 semanas.

DICA DE RECEITA LUZAGO: FAROFA COM SEMENTES DE ABÓBORA

Ingredientes: 1 xícara (chá) de sementes de abóbora, 1 colher de suco de limão, 2 colheres de queijo parmesão ralado, 4 colheres de azeite, 2 colheres de água, 1 dente de alho pequeno, manjericão desidratado e sal.

Modo de preparo: Frite as sementes de abóbora na frigideira até dourarem. Coloque no liquidificador ou processador com o restante dos ingredientes. Pulse para triturar e formar a farofa. Se quiser, adicione, durante o preparo, ingredientes como ervilhas, milho ou compota de legumes.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.