MOSTARDA: sabor marcante em cada preparo

30 de setembro de 2022 | Por

Um dos vegetais folhosos mais nutritivos e cultivados pelo mundo, a mostarda é rica em diversos nutrientes. É uma verdura bem versátil: Suas folhas possuem altas concentrações de antioxidantes, muitas fibras, proteínas, minerais e vitaminas A, C e K. Já as sementes trazem personalidade à receita quando usadas como tempero – o molho feito com os grãos desse vegetal pode ter um sabor leve ou extremamente picante.

A mostarda pertence à mesma família do repolho, do brócolis e da couve-de-bruxelas e possui baixíssimo valor calórico: apenas 25 kcal para cada 100 gramas de folhas cruas. Por isso, é muito indicada para quem deseja emagrecer

Quais os benefícios da mostarda?

A folha da mostarda é uma importante fonte de minerais essenciais (cálcio, ferro, magnésio, potássio, zinco e selênio) e de vitaminas A, C, E e K. Esses nutrientes são importantes para a construção da massa óssea, manutenção da saúde dos olhos e da pele e atuam como antioxidantes, protegendo o organismo da ação dos radicais livres e de algumas doenças.

Além disso, é rica em flavonoides e glucosinolato, um composto com efeito protetor para o fígado. Sua alta concentração de fibras ajuda no combate à prisão de ventre e na prevenção de doenças, como o câncer de estômago e cólon.

O ácido fólico (vitamina B9) pode ser encontrado também em níveis elevados nas folhas da mostarda. Essa vitamina é importante na síntese de DNA e tem ingestão indicada para mulheres em início de gestação, como método de prevenção da má formação do sistema nervoso do feto.

Assim como as folhas, as sementes também são fonte de nutrientes. Possuem cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, zinco, manganês, colina, ômega-3 e fitoesteróis. Têm ação anti-inflamatória, melhoram a imunidade, ajudam a reduzir os níveis do colesterol “ruim” e combatem a aterosclerose.

Como usar a mostarda em grãos?

De sabor bem picante e marcante, a semente da mostarda pode ser consumida crua ou cozida. Quando moída, é utilizada para temperar carnes e outros tipos de alimentos. Elas são bastante comuns em pratos indianos, em que a semente frita é usada para temperar peixes, arroz e iogurtes e no curry. Esse grão pode ser usado ainda para fazer chás. Uma dica de receita é fervê-lo com quantidades iguais de erva-doce e canela. A bebida tem ação anti-inflamatória e antioxidante.

Como usar mostarda moída?

Feita com sementes de mostarda, a mostarda em pó, pode ser utilizada tanto para condimentar receitas, quanto na preparação do famoso molho de mostarda. Utilize a mostarda em pó, para condimentar: carnes, aves, aperitivos, saladas, batatas, legumes e ovos, ou na preparação de molhos.

De sabor bem picante e marcante, a semente da mostarda pode ser consumida crua ou cozida. Quando moída, é utilizada para temperar carnes e outros tipos de alimentos. Elas são bastante comuns em pratos indianos, em que a semente frita é usada para temperar peixes, arroz e iogurtes e no curry.

Sementes de mostarda emagrecem?

Se você faz parte do grupo de pessoas que está sempre tentando perder peso, nós temos uma boa notícia: a mostarda ajuda a emagrecer! Por ser termogênica, é digerida pelo corpo de forma mais lenta. Calma, isso não significa que ela seja indigesta, apenas que o seu organismo vai precisar de mais energia para processar o alimento, o que acelera o metabolismo e contribui para a perda de peso. É claro que não adianta simplesmente comer muita mostarda e esperar emagrecer, pois o excesso é muito perigoso e pode trazer danos para a saúde. Ainda assim, as sementes podem ser aliadas da dieta.

Evitam o envelhecimento precoce?

Outra característica da mostarda é que ela possui vitamina E, conhecida por ser oxidante. Isso significa que combate o excesso de radicais livres em nosso corpo, impedindo a oxidação celular, que pode causar desde câncer até envelhecimento precoce. Além disso, essa substância também garante que o sistema imunológico fique mais resistente, deixando o corpo menos suscetível a sofrer com doenças.

Ajudam a prevenir o câncer?

Entre os muitos compostos nutritivos encontrados na semente desse vegetal está o isotiocianato de alila (ou AITC, na sigla em inglês). Esse composto inibe a ação das células cancerígenas e impede que elas se multipliquem.

O chá é indicado para curar resfriados!

Por fim, há quem goste de utilizar as sementes de mostardas para fazer uma infusão de chá. Seus benefícios não são muito diferentes dos aproveitados por quem as consome ‘in natura’, mas podem ser uma boa alternativa para quem acha o sabor muito forte. Além disso, são muito indicados para quem está doente, especialmente com gripe ou resfriado, já que o chá quente dá a sensação de conforto e os antioxidantes vão ajudá-lo a se recuperar mais rápido.

DICA DE RECEITA LUZAGO: FRANGO COM MOLHO DE MOSTARDA

Ingredientes: 4 colheres (sopa) de manteiga, 2 colheres (sopa) azeite, 800 gramas de filé de peito de frango, 3 dentes de alho picado, 1 cebola picada, 1 xícara e meia (chá) de vinho branco seco, 1 xícara e meia (chá) de mostarda em grão, 1 caixa de creme de leite, sal e pimenta do reino à gosto.

Modo de preparo: Aqueça uma panela, em fogo médio, com metade da manteiga e do azeite e frite os filés de frango temperados com o alho, sal e pimenta do reino até dourarem. Retire com uma escumadeira e reserve em uma travessa. Volte a panela ao fogo com a manteiga e o azeite restantes e frite a cebola até dourar. Adicione o vinho branco e cozinhe por 2 minutos. Acrescente a mostarda em grão e o creme de leite; temperando com sal, pimenta e cozinhe até formar um molho encorpado. Regue os filés com o molho e sirva em seguida; se desejar, polvilhados com cheiro-verde picado.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.