ORÉGANO: da culinária à fitoterapia

5 de março de 2021 | Por

O orégano é uma planta de folhas muito aromáticas, indispensável na culinária mediterrânea. Combina perfeitamente com tomate, alho, manjericão, azeite e queijos. Pode ser usado fresco, mas o aroma pungente de suas folhas se intensifica com a secagem. Como outras ervas aromáticas, o orégano perde seu sabor se cozido, portanto deve ser adicionado aos pratos sempre no final do preparo.

Pizza, macarrão, saladas, salgadinhos… São várias preparações que podem contar com o orégano como tempero. No entanto, você sabia que esse ingrediente, que pode substituir o sal nas refeições, também entrega vários benefícios importantes para a saúde?

Rico em vitaminas, minerais e ômega 3, ele faz bem para a saúde do coração, melhora a digestão, previne o câncer e ainda ajuda a diminuir as cólicas durante o período menstrual. Assim, para mostrar como esse alimento é importante para o organismo de quem quer seguir uma alimentação saudável, listamos algumas das principais vantagens desse tempero irresistível. Confira!

 

Orégano é aliado do sistema cardiovascular

O coração é um dos maiores beneficiados pelo consumo de orégano. Isso porque o alimento é rico em duas substâncias importantes para a saúde do órgão: o potássio e o ômega 3! O primeiro é responsável por controlar a pressão arterial e equilibrar os batimentos cardíacos acelerados que aparecem como consequência do excesso de consumo de sódio; já o segundo diminui o colesterol, previne os coágulos de sangue e evita arritmias cardíacas.

Sistema digestivo também é beneficiado pelo alimento

Outro benefício do orégano é na digestão, já que ele estimula a produção das enzimas digestivas por contar com uma boa quantidade de fibras em sua composição. Além disso, por causa da presença desse nutriente, ele também ajuda quem deseja evitar os excessos na alimentação por aumentar a sensação de saciedade no organismo.

Diminui cólicas e regula o ciclo menstrual

O orégano também traz benefícios específicos para as mulheres. Para começar, em forma de chá ou consumido in natura, ele funciona como um remédio natural para aliviar as cólicas – já que entre seus componentes estão os polifenóis com propriedades anti-inflamatórias. Mas não para por aí: seu consumo regular também pode ser um aliado para resolver o problema de quem tem o ciclo menstrual irregular e ainda prevenir o risco da menopausa precoce.

Ajuda a fortalecer o sistema imunológico

Quem precisa melhorar o sistema imunológico também pode contar com a ajuda do orégano, já que a vitamina A está entre os seus principais componentes. Sendo assim, além de prevenir doenças virais, o alimento também funciona como um remédio para tratar problemas deste tipo assim que aparecerem os primeiros sintomas.

Previne o câncer por ser rico em antioxidantes

Assim como os demais alimentos ricos em oxidantes, o consumo de orégano também contribui para a prevenção do câncer. Isso acontece porque essas substâncias são capazes de impedir a ação dos radicais livres que criam um cenário favorável para o surgimento da doença e causam o envelhecimento precoce das células.

 

VARIAÇÕES DA ESPECIARIA: chá e óleo de orégano

Crescentes pesquisas confirmam as propriedades e efeitos terapêuticos de ambos sobre o organismo, e até mesmo grandes empresas farmacêuticas, já utilizam-se de tais benefícios.

Auxiliam nos tratamentos contra insônia, estresse, cansaço nervoso, febre e dores reumáticas. Se for utilizado de maneira externa também ajuda a combater a celulite.

No chá também é encontrado um agente estrogênico, isso quer dizer que ele reduz as dores menstruais e diminui todos os sintomas da tensão pré-menstrual. Já o óleo de orégano tem efeitos antioxidantes e atua no sistema musculoesquelético aumentando a flexibilidade muscular e das articulações.

 

DICA DE RECEITA LUZAGO: HAMBÚRGER DE SOJA

Simples, rápida e extremamente saborosa e nutritiva!!

Ingredientes: 1 xícara (chá) de proteína de soja texturizada, 2 copos de água morna, 1 pitada de sal, 2 dentes de alho amassado, 7 colheres (sopa) de farinha de trigo, 1 colher (sopa) de salsinha picada, 1/2 xícara (chá) de cebola ralada, 1 colher (café) de orégano, 1 pitada de pimenta-do-reino branca, 1 colher (sopa) de óleo de soja.

Modo de preparo: Hidrate a proteína em 2 copos de água morna, por 20 minutos. Escorra toda a água e esprema bem o excesso de água e misture os demais ingredientes, incluindo a salsinha picada. Modele os hambúrgueres e frite em um pouco de óleo.

Importante: Esse hambúrguer pode ser congelado depois de pronto. Embale em filme plástico individualmente e na hora do almoço basta aquecer. Sirva com arroz, massas ou legumes e salada. Você pode colocar os temperos que mais gostar, o único ponto é que devem ser temperos secos.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.