UVA PASSA: muito mais do que um simples ingrediente

5 de novembro de 2021 | Por

Chega dezembro e elas entram em ação! Puras ou acompanhando receitas, as uvas passas são tradições das ceias de Natal, de almoços e jantares em família durante essa época. No entanto, se pensarmos em alimentação saudável, essas pequenas frutas secas são tão nutritivas que deveriam ser aproveitadas por todo o ano! Pequenas, doces e poderosas, apresentam benefícios incríveis para a nosso organismo.

A uva passa, também conhecida apenas como passa, é uma uva seca que foi desidratada e que possui um sabor doce, devido ao seu alto conteúdo em frutose e glicose. Estas uvas podem ser consumidas cruas ou em diversos pratos e podem variar de coloração, de acordo com o seu tipo. As mais comuns são as brancas (levemente amarelas), as marrom e as pretas.

O consumo da uva passa pode ter vários benefícios para a saúde, desde que consumidas com moderação, já que possuem bastante fibras e ácido tartárico, substâncias que contribuem para a saúde do intestino. Além disso, este tipo de uva proporciona energia, é antioxidantes e tem alto teor de vitaminas e minerais.

Dentre suas principais contribuições para a saúde, destacamos:

1. Previne a prisão de ventre: As uvas passas são ricas em fibras solúveis e insolúveis que ajudam a aumentar o volume das fezes e a torná-las mais macias, estimulando o funcionamento do intestino e facilitando a sua expulsão. Além disso, a uva passa também proporciona uma maior sensação de saciedade pelo que, se consumida em pouca quantidade, pode contribuir para a perda de peso. Este fruto seco é também considerado um probiótico, devido a ser rico em ácido tartárico, um ácido que é fermentado pelas bactérias do intestino e que ajuda a melhorar o funcionamento intestinal.

2. Melhora a saúde dos ossos: As uvas passas podem ser uma boa adição à dieta para melhorar e manter a saúde dos ossos e dentes, por serem ricas em cálcio, um mineral muito importante para o tecido ósseo. Dessa forma, além de manter os ossos fortes, previnem o surgimento de osteoporose.

Além disso, a uva passa também contém um oligoelemento, conhecido como boro, que facilita a absorção de cálcio, magnésio, fósforo e vitamina D, que são essenciais para todo o sistema ósseo, assim como para o sistema nervoso. Por esse motivo, o boro presente na uva passa pode ajudar a prevenir a artrite, efeito que é comprovado por estudos que mostram que, pessoas com osteoartrite, apresentam níveis muito baixos deste oligoelemento.

3. Elimina radicais livres: As passas são ricas em antioxidantes como os flavonoides, fenóis e polifenóis, que são compostos que ajudam a reduzir o estresse oxidativo, eliminar os radicais livres e prevenir o dano celular. Assim, a uva passa pode ajudar a diminuir o risco de desenvolver doenças crônicas como problemas cardíacos ou câncer, por exemplo.

4. Melhora a saúde dos ossos: As uvas passas podem ser uma boa adição à dieta para melhorar e manter a saúde dos ossos e dentes, por serem ricas em cálcio, um mineral muito importante para o tecido ósseo. Dessa forma, além de manter os ossos fortes, previnem o surgimento de osteoporose. Além disso, a uva passa também contém um oligoelemento, conhecido como boro, que facilita a absorção de cálcio, magnésio, fósforo e vitamina D, que são essenciais para todo o sistema ósseo, assim como para o sistema nervoso. Por esse motivo, o boro presente na uva passa pode ajudar a prevenir a artrite, efeito que é comprovado por estudos que mostram que, pessoas com osteoartrite, apresentam níveis muito baixos deste oligoelemento.

5. Elimina radicais livres: As passas são ricas em antioxidantes como os flavonoides, fenóis e polifenóis, que são compostos que ajudam a reduzir o estresse oxidativo, eliminar os radicais livres e prevenir o dano celular. Assim, a uva passa pode ajudar a diminuir o risco de desenvolver doenças crônicas como problemas cardíacos ou câncer, por exemplo.

Como consumir a uva passa

Para consumir as passas de forma saudável é importante que sejam ingeridas em pouca quantidade, já que são bastante calóricas e possuem uma boa quantidade de açúcares. No entanto, desde que consumidas com moderação, as uvas passas podem ter vários benefícios para a saúde. A porção recomendada é de 2 colheres de sopa, adicionadas em iogurtes, saladas, cereais, bolos ou granola, por exemplo.

No caso de pessoas com diabetes, a uva passa possui um índice glicêmico médio e, por isso, significa que podem aumentar moderadamente o nível de açúcar no sangue, podendo consumir-se sempre que existe um bom controlo dos níveis de glicose, respeitando uma dieta equilibrada.

DICA DE RECEITA LUZAGO: BOLINHOS DE AVEIA COM UVA PASSA

Ingredientes: 1 a 1 e meia xícara de aveia; 1/4 de açúcar mascavo; 2 ovos; 1 xícara de leite de amêndoa; 1/4 de xícara de iogurte natural sem açúcar; 1 colher (de chá) de baunilha; 3/4 de xícara de farinha de trigo; 1 colher (de chá) de sal; 1 colher (de chá) de bicarbonato de sódio; 1 colher (de chá) de fermento em pó; 1 colher (de chá) de canela em pó; 1 e meia xícara de uva passa.

Modo de preparo: Num recipiente coloque a aveia com o leite de amêndoa. Depois, misture o açúcar, os ovos, o iogurte e a baunilha e mexa até obter uma mistura homogênea. Junte a farinha aos poucos, a canela, o bicarbonato de sódio e o fermento. Por fim, adicione as passas e ponha a mistura em formas pequenas, levando ao forno à 375º durante 15 a 20 minutos. Essa receita rende até 10 bolinhos.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.