fbpx

DIA DAS MÃES: celebrando um amor incondicional

30 de abril de 2021 | Por

O Dia das Mães é comemorado no Brasil no segundo domingo do mês de maio. É a ocasião em que as mães e a temática da maternidade recebem uma atenção especial. É comum celebrar as matriarcas das famílias por meio de homenagens, presentes ou flores.

Origem da celebração

A comemoração dedicada às mães tem suas origens na Grécia Antiga, no período da primavera do hemisfério norte. Conta-se que, na época, Rhea, a mãe de todos os deuses, era celebrada.

Mais tarde, por volta de 1600, a Inglaterra passou a celebrar o Mothering Day, em homenagem às mães. Naquela época, empregados de famílias ricas trabalhavam e moravam na casa de seus patrões. Durante o Mothering Day, entretanto, eles tinham o direito de voltar para suas casas e passar o dia junto de suas mães. Na ocasião, um bolo especial chamado mothering cake era preparado e servido num clima de festa e confraternização.

Porém, foi nos Estados Unidos que a festa, como a conhecemos hoje, tomou forma. No ano de 1872, a escritora Julia Ward Howe, conhecida por seus poemas e por ser uma representante de grandes causas sociais, sugeriu que fosse criada uma data para a ocasião.

Entretanto, foi o empenho de outra americana, Anna Jarvis, que trouxe força ao surgimento da data. Em 1907, após o falecimento de sua mãe, Anna decidiu iniciar uma verdadeira campanha para a criação do Dia das Mães, sugerindo o segundo domingo do mês de maio como data oficial para o evento.

Com o apoio de amigos, escreveu para autoridades e formadores de opinião para sensibilizá-los sobre a causa. Sua campanha rendeu frutos e, em 1911, o Dia das Mães foi comemorado em quase todos os estados dos EUA.

Finalmente, no ano de 1914, o presidente Woodrow Wilson decretou a criação do Dia das Mães.

No Brasil

No Brasil, a data também foi inserida no calendário oficial de comemorações. No decreto nº21.365 assinado em 1932, o então presidente Getúlio Vargas definiu o segundo domingo do mês de maio como o Dia das Mães.

Assim declara o decreto de número 21.366, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas (1882-1954) e publicado em 5 de maio de 1932.

“O segundo domingo de maio é consagrado às mães, em comemoração aos sentimentos e virtudes que o amor materno concorre para despertar e desenvolver no coração humano, contribuindo para seu aperfeiçoamento no sentido da bondade e da solidariedade humana.”

É costume os filhos presentearem as mães, oferecerem flores ou enviarem cartões e mensagens. Também é tradicional o almoço em família. A data também tem também uma forte motivação para os comerciantes. Depois do Natal, é a época do ano em que há o maior volume de vendas.

Faça valer não apenas a data estabelecida no calendário, mas sim – todos os dias, celebre você que é mãe ou quem a tem por perto, cada momento e instante da vida. E nada melhor que uma boa gastronomia para tornar a lembrança inesquecível!!

 

DICA DE RECEITA LUZAGO: RISOTO CAPRESE

Ingredientes: ¾ xícara de arroz arbóreo, 50 gramas de manteiga, 1 cebola pequena ralada, 50 ml de vinho branco, 500 ml de caldo de legumes, ½ xícara de parmesão ralado, 100 gramas mussarela de búfala, 150 gramas de tomate cereja, ½ xícara de manjericão.

Modo de preparo: Em uma panela funda, em fogo alto, refogue a cebola na manteiga por cerca de dois minutos. Adicione o arroz e, mexendo, refogue por mais dois minutos. Acrescente o vinho e, quando secar, vá acrescentando o caldo de vegetais, concha por concha, sempre mexendo, para deixar o arroz cremoso. Cozinhe por 15 minutos até que a textura do grão fique macia por fora e levemente resistente por dentro. Desligue o fogo. Adicione a manteiga e o parmesão. Acrescente a mussarela de búfala ralada ou desmanche as bolinhas do queijo fresco. Misture no arroz. Depois de retirar do fogo, adicione os tomates cereja cortados ao meio e as folhas frescas de manjericão.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.