AMIDO DE MILHO: faz mais do que você imagina

26 de fevereiro de 2021 | Por

O amido de milho é daqueles ingredientes que chamamos de “curinga”. Ele tem diversos benefícios e pode ser utilizado de muitas formas. Sabe aquele toque secreto para deixar o bolo mais fofinho ou o manjar mais cremoso? Nada mais é do que esse versátil produto.

Por exemplo, você pode preparar receitas doces ou salgadas, engrossar caldos ou sopas e até mesmo fazer cremes. Por isso, vale a pena sempre manter um pacotinho na sua dispensa e usufruir de suas possibilidades!

O que é o amido de milho?

Como o próprio nome diz, o amido de milho é derivado do milho. O milho é dividido em três partes: casca, gérmen e endosperma. Para fazer o amido de milho, apenas a endosperma é utilizada, onde estão concentrados o amido e a proteína.

Depois, essa parte é moída até chegar à consistência semelhante ao talco. Todo o processo ocorre dentro de uma fábrica especializada no refino. Antes da etapa final, toda a proteína é retirada.

Benefícios do amido de milho

Existem inúmeros benefícios no milho. De fato, esse alimento é rico em vitaminas, minerais e antioxidantes e, por esse motivo, pode fazer parte de uma alimentação saudável e equilibrada. No entanto, será que o mesmo vale para o amido de milho? A seguir, confira algumas das vantagens de incluí-lo no cardápio.

Fonte de energia

O amido de milho é um produto que fornece bastante energia. Uma porção de 100 gramas, por exemplo, tem cerca de 380 Kcal, de acordo com suas informações nutricionais. Ele ainda tem uma boa quantidade de carboidratos — 90 gramas, aproximadamente. Minerais como cálcio, magnésio, potássio, fósforo e zinco também podem ser encontrados no produto, embora não sejam tão abundantes quanto no próprio milho.

Pode ser opção vegana

Alguns tipos de amido de milho são feitos sem nenhuma adição de produtos de origem animal e, dessa forma, podem ser considerados veganos. Além disso, existe a possibilidade de ele ser livre de glúten, pois o milho em si já não tem essa substância.

Porém, sempre leia as indicações no rótulo antes de utilizá-lo, principalmente se você tem alergia ou doença celíaca. Mesmo que as dosagens sejam muito pequenas, é possível que o amido de milho tenha vestígios de ovos, leite e até mesmo glúten.

Isso acontece por que muitas fábricas produzem diversos tipos de farinhas nas mesmas máquinas. Assim, as marcas costumam indicar quando há risco de mistura de partículas e alertar na própria embalagem.


É um bom espessante

Outra característica benéfica do amido de milho é o fato de ser um ótimo espessante. Ou seja, ele ajuda a dar mais cremosidade para as preparações, por meio de um processo semelhante ao que ocorre com a gelatina.

A farinha também poderia ser usada com essa finalidade, mas ainda assim o amido de milho é melhor, pois além de não ter sabor, sua cor é mais opaca e a capacidade de engrossar é muito maior. Sem contar o fato de que o produto ainda ajuda a reter a umidade de pães, bolos e tortas, fatores essenciais para conservar por mais tempo o prato.

Como utilizar o amido de milho

1.Culinária

Como dito, a maneira mais comum de usar o amido de milho é na alimentação. Se quiser engrossar uma bebida à base de leite, basta adicioná-lo. O chocolate quente, por exemplo, fica tão cremoso que quase dá para comer de colher! O amido de milho também ajuda a dar mais firmeza para a receita de manjar branco com geleia de morango. Pode prepará-lo sem medo que não vai desmanchar na hora de tirar da forma! Ele ainda é usado até mesmo para fazer pratos tradicionais, como curau de milho e biscoitinhos de amendoim.

2. Área cosmética

O amido de milho pode ser utilizado para manter a pele saudável ou contra leves irritações. Aliás, uma pasta feita com ele e um pouco de água alivia queimaduras por conta do sol, coceira devido à picada de insetos ou mesmo assaduras — que ocorrem especialmente em bebês.

Quem tem problemas de oleosidade na pele pode até mesmo adicionar um pouco de amido de milho nos cosméticos, como base, batom ou pó bronzeador, pois isso controla o brilho e dá um acabamento mais “matte” para a maquiagem. Outra dica muito eficaz é usá-lo como talco nos sapatos e nos pés. Afinal, o amido de milho ajuda a reter a umidade e a evitar odores desagradáveis.

3. Para limpeza

Por mais diferente que seja, o amido de milho pode ser um aliado na hora da limpeza, especialmente para remover manchas de óleo.

Por exemplo, imagine que o óleo caiu na toalha de mesa ou em uma roupa favorita. Para resolver o problema, prepare uma pasta com o produto e um pouco de água e aplique no local atingido.

Esfregue levemente e deixe agir por alguns minutos. Depois, tire a mistura com um pano úmido e lave normalmente. Faça o teste e você verá como ele é eficiente para limpeza!

 

DICA DE RECEITA LUZAGO: panquecas de frango

Ingredientes (massa): 1 copo de farinha de trigo, 1 copo de leite, 1 colher (sopa) de amido de milho, 2 unidades de ovo, sal a gosto, 1 colher (sopa) de óleo de soja, 1 colher (sopa) de queijo ralado.

Ingredientes (recheio do frango): 300 gr de frango cozido e desfiado, 1/2 unidade de cebola picadinha, 1 unidade de alho picadinho, 1 unidade de tomate picadinho sem pele e sem semente, 2 colheres (sopa) de azeite, 1 colher (sopa) de salsinha, pimenta-do-reino em grãos moída a gosto, sal a gosto, 1/2 lata de milho em conserva.

Modo de preparo (massa): Bater tudo no liquidificador e deixar descansar por uns 15 minutos antes de começar a fritar. Tente usar uma frigideira antiaderente de 18 a 25 cm no máximo e de bordas baixas com um fio de azeite sempre em fogo médio. Limpe o excesso de azeite com um papel toalha e passe sempre este papel toalha a cada duas panquecas fritas. Deixe a frigideira esquentar sempre por 30 segundos antes de colocar outra quantidade de massa para fritar. Coloque uma quantidade de massa o suficiente para ter panquecas finas e sempre a mesma quantidade, do começo ao fim. Quando a massa estiver com bolhas, use uma escumadeira que não risque sua frigideira para descolar primeiro toda a panqueca e só depois virar. Depois que fritar todas as panquecas é só rechear a gosto: frango, palmito, ricota ou carne, colocar o seu molho preferido sobre as panquecas e servir.

Modo de preparo (frango): Coloque para refogar no azeite e em fogo baixo a cebola e o alho. Quando a cebola estiver transparente, coloque o tomate e refogue por mais cinco minutos. Coloque o frango e o milho e tempere com a pimenta e corrija o sal se necessário. Coloque 1/4 de xícara de água, misture bem e, após 3 minutos desligue o fogo. Misture o requeijão, a salsinha e as ervilhas e recheie as panquecas.

 

 

 

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.