fbpx

Gergelim, o cereal prático e multifuncional

3 de novembro de 2019 | Por

Se existe um verdadeiro curinga no mundo dos cereais, ele é o gergelim. Prático, é uma das mais incríveis fontes de fibra para uma alimentação saudável.

Além de melhorar a sensação de saciedade, o gergelim é altamente indicado para as gestantes por conter ácido fólico, essencial para o bom desenvolvimento do bebê. Além disso, contém magnésio, cobre, zinco, ferro e vitaminas B1, B2 e B3.

Além de ótimas receitas, o gergelim pode ser salpicado em saladas e utilizado em receitas como tapiocas, shakes, entre outros.

Mas existem diversos tipos deste cereal no mercado. Qual é o mais indicado? E o melhor custo-benefício? Acompanhe mais detalhes a seguir.

 

Gergelim branco

            Apesar de as propriedades do gergelim branco e preto serem parecidas, o sabor da primeira variedade é levemente mais amargo por não conterem a casca. Um de seus principais diferenciais é a produção do famoso óleo de gergelim, muito utilizado na medicina alternativa.

Uma das utilizações mais conhecidas do gergelim branco é a pasta árabe tahine. Logo a seguir, mostramos a receita.

                       

Gergelim natural com casca

            Por ser integral, é riquíssima em fibras, auxiliando no bom funcionamento do intestino. Além disso, possui antioxidantes e é ótimo para a saúde da pele.

           

Gergelim preto 

            Por conter a casca de proteção, o gergelim preto possui mais cálcio e fibras em sua composição, sendo o mais indicado em dietas de emagrecimento.

 

Gergelim torrado  

Possui uma alta gama de nutrientes como Ferro, Cálcio, Tripfotano, muitas fibras, Cobre, Magnésio, Vitaminas do complexo B, Fósforo e Proteínas. É a melhor opção para ser incluído em saladas.

 

Receita

Tahine

Ingredientes
  • 200 gramas de sementes de gergelim (à sua escolha)
  • 2 colheres de sopa de óleo de gergelim
  • 1 colher de sopa de sal
  • 1 colher de sopa de páprica
Modo de Preparo

Coloque o gergelim no liquidificador ou processador de alimentos e bata por 1-2 minutos. Quando as sementes de gergelim estiverem mais ou menos moídas, acrescente o sal, o óleo de gergelim e um pouco de água. Volte a bater para formar a pasta de gergelim. O seu tahine pode ter uma consistência mais próxima de uma pasta ou mais parecido a um patê, como preferir. Para conseguir um tahine mais diluído, basta acrescentar um pouco mais de água. Prove o tahine e retifique o sabor com sal e, se quiser, páprica, que irá disfarçar o gosto amargo. Volte a bater bem.

COMPARTILHE:

Newsletter

Seja o primeiro a saber sobre as novidades em seu email.